Projeto GeMec

Inicialmente a ser implementado no concelho de Beja, o Programa GeMec-Gestão do Medicamento, surgiu após alguns profissionais de saúde, nomeadamente, médicos terem dado conta que o doente não faz o tratamento prescrito com a regularidade devida e que no caso dos doentes crónicos é fundamental, tal como explica João Paulo Ramôa, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Beja.

Uma das causas que justificam esta realidade prende-se com a falta de disponibilidade financeira do utente e, neste âmbito, a Misericórdia de Beja poderá dar o seu apoio, analisando caso a caso, com o Gabinete da Área Social.

Além disso, o programa agora lançado pela instituição, que funciona através de uma plataforma informática inovadora, criada por Pedro Rodrigues, permite assegurar aos doentes previamente inscritos no GeMec um acompanhamento regular, não só ao nível da toma da medicação, mas também na gestão de consultas médicas.

Nesta aplicação, que funcionará, através da emissão de alertas, estará inserida numa base de dados, toda a informação necessária do utente, desde os seus dados pessoais, aos medicamentos prescritos pelo médico, à quantidade diária de medicação a tomar, ao número de fármacos em falta ou até mesmo a indicação da aproximação do fim da validade do medicamento.

Uma das vantagens, ao nível da medicação, apontada por João Paulo Ramôa tem a ver com o facto de, atualmente, ser muito comum o utente chegar à farmácia e não estar disponível o fármaco pretendido. Um constrangimento que, de acordo com o provedor, será ultrapassado através deste programa.

Além da base de dados referente à medicação, o GeMec permitirá, igualmente, à Santa Casa da Misericórdia de Beja ir acompanhando a gestão das consultas do utente, que através dos alertas será lançado, a título de exemplo, um lembrete da próxima consulta. 


Comente esta notícia

Galeria de fotos