CDU-simbolo

No documento referente às obras do IP8 e IP2 é referido que a suspensão destas obras se traduz numa perda de qualidade de vida das populações locais que viam nelas, factores de progresso e desenvolvimento e no despesismo de milhões de euros, tendo em atenção a degradação gerada pelo abandono que leva a gastos suplementares de dinheiros públicos, inadmissíveis quando o País se encontra em crise. É frisado também, que a Estradas de Portugal anunciou em Maio o retomar das obras nos IP´s e que, chegados ao final do mês de Setembro, ainda nada aconteceu e que de acordo com a informação obtida junto das entidades responsáveis e do Governo, as obras nos IP8 e IP2 não recomeçam tão cedo, não sendo indicada qualquer perspectiva, a não ser a sua conclusão em 2016, a Assembleia Municipal de Beja, exige que a tutela assuma de uma vez por todas os seus compromissos, dando rapidamente início ao retomar dos trabalhos nestas duas infra-estruturas, da maior importância para o desenvolvimento desta região e do País.

Na saudação apresentada, assinalando os 35 anos de Serviço Nacional de Saúde é recordada a importância do mesmo e a sua manutenção, apesar de todos os ataques a que tem sido sujeito. Neste documento é feita ainda, uma saudação às notáveis realizações do Serviço Nacional de Saúde na melhoria das condições de saúde da população portuguesa e a todos os profissionais que para elas têm contribuído.

 

 

 


Comente esta notícia