Moonshinners

Galardoados com os prémios Pop Eye para melhor grupo português 2018, os Moonshiners surgiram, em 2012, em Aveiro, e são constituídos por Gamblin’ Sam, voz e harmónica, Susie Filipe, bateria e Vítor Hugo, voz e guitarra.

Influenciados por Bob Dylan ou Morphine, a sua música destaca-se pelos riffs frenéticos e os ritmos galvanizantes.

Em 2013, lançaram o primeiro EP homónimo, dois anos depois, 2015, a banda já mais madura apresenta o segundo EP “Good News For Girls Who Have No Sex Appeal”. Em 2017, actuam no Eurosonic Noorderslag, na Holanda, o maior festival profissional de música europeia, no Veszprémi Utcazene Fesztivál, na Hungria e fazem uma tour pelo norte de Espanha.

Em Fevereiro, do ano passado 2018, editam “Prohibition Edition”, o primeiro longa-duração, com 10 canções diferentes entre si, síntese da convivência musical da banda desde o início, que apresentaram nas principais festivais e salas do país, mas também na Suécia, Canada, Espanha e Holanda.

Neste momento, continuam em digressão e são acompanhados ao vivo por Bruno Barreto, baixo, Gabriel Neves, saxofone e Carlos Lázaro, teclados. Esta noite, os Moonshiners actuam, em Aljustrel, num espectáculo com entradas gratuitas.






Comente esta notícia