CM Moura

No documento é referido, também, que se destaca, no exercício do ano 2019, “o aumento do valor disponível para investimento, superior a 3 milhões de euros” e que “foi cumprida a regra do equilíbrio orçamental.”

No que toca às transferências efetuadas para entidades, em 2019, diz, igualmente, o documento, foi transferido o valor de cerca de 425 mil euros “para as juntas de Freguesia, não existindo dívida para com estas entidades” e os “pagamentos foram executados mensalmente, tendo sido cumpridas as propostas de apoio” a estas entidades do concelho.

“Em 2019 manteve-se a tendência de diminuição do passivo do Município” e “no que respeita à dívida total registou-se uma diminuição global de cerca de 819 mil euros”, ou seja “11,36%”, um fator que “permitiu aumentar a margem de endividamento da Câmara Municipal de Moura para os 3 milhões e 362 mil euros”, é afirmado, ainda, no documento enviado à nossa redação.


Comente esta notícia