aljustrel plantar arvores

Trata-se de um projecto do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, Quercus, ANMP-Associação Nacional de Municípios Portugueses e Universidade de Trás-os-Montes e Alto-Douro.

A plantação, que será concretizada através da comunidade escolar, serviços municipais, empresa mineira Almina-Minas do Alentejo, SA, voluntários e serviços externos contratados, teve início com o projecto “Rota da Floresta”, que se realizou na semana passada , promovida pela Associação Bandeira Azul da Europa. As restantes árvores, nomeadamente alfarrobeiras, freixos, pinheiros, carvalho português, e muito outras mais, serão plantadas em todo o concelho, nos próximos dois anos, segundo um plano bem definido.

O projecto “Floresta Comum”, que tem como missão promover a produção, angariação e distribuição de árvores autóctones, constituiu uma Bolsa de Árvores, provenientes exclusivamente de sementes portuguesas, para disponibilizar a projectos que “demonstrem motivação, comprovem competências e possuam os meios necessários para proceder ao plantio e cuidado das florestas que tencionam plantar”.

Envolver a comunidade e potenciar a criação de estruturas de redes locais, bem como a criação de uma floresta com altos índices de biodiversidade e de produção de serviços ecológicos, a fim de recuperar a floresta autóctone portuguesa são os objectivos deste projecto.



Comente esta notícia