Ourique vila

A Câmara de Ourique avança que “durante o dia de segunda-feira não foram concretizados os testes que tinha ficado subjacentes ao encerramento preventivo do estabelecimento escolar”, que “surgiram informações difusas sobre a não eventual realização da operação de despistagem e a intenção de reabrir a escola sem iniciativas complementares”. Acrescenta que esta é “uma situação inaceitável geradora de insegurança e intranquilidade na comunidade educativa e em toda a população de Ourique”.

O comunicado da Câmara de Ourique refere, ainda, que “insistiu com todos os patamares da Saúde Pública regional para a realização dos testes de despistagem, de saber com que recursos humanos se conta, de orientações claras sobre as medidas a adotar de forma a tranquilizar a comunidade e iniciar a rota para a reposição das atividades na escola, com segurança e com confiança”. Frisa que “face à ausência de informação por parte da Saúde Pública não há resposta que possa tranquilizar ou esclarecer a comunidade educativa.”




Comente esta notícia