missão cabo verde

A ideia é criar oportunidades de negócio com o mercado de Cabo Vede, numa altura em que o País se prepara para aderir ao Acordo de Livre-Comércio Continental Africano. A agenda desta missão inclui reuniões com importadores locais e entidades públicas, networking empresarial e visitas a empresas.

Filipe Pombeiro, presidente do NERBE/AEBAL, afirma que o mercado dos PALOP é muito interessante para os empresários desta região.

Ainda segundo Filipe Pombeiro a internacionalização é já um desígnio dos empresários desta região, uma vez que o mercado global é mais atraente do que o mercado local, regional ou nacional.


Comente esta notícia