deputada nilza de sena
Esta acusação surge porque, o PS votou contra dois projectos de resolução do PCP sobre acessibilidades, em particular sobre a linha ferroviária do Alentejo e a rede viária, tendo o PSD votado favoravelmente, permitindo, por isso, que estas propostas fossem aprovadas em plenário.

Para Nilza de Sena, esta posição do Governo Socialista mostra que mais uma vez os bejenses foram enganados quando votaram em quem não só não os defende, como até os prejudica, a deputada social democrata afirma ainda que em causa estava também a agilização das intervenções no IP2, que exigem solução urgente no Nó de Entradas, concelho de Castro Verde, o planeamento e a calendarização do IC4, a ligação entre Portel, Moura e Ficalho e outras requalificações das estradas do distrito.

Nilza de Sena, deixa ainda criticas à "voz do Baixo Alentejo", referindo-se ao deputado socialista, Pedro do Carmo, que, na 6ªfeira, não se ouviu na Assembleia da República.

A deputada social democrata, não compreende como é que o Governo do PS tem um discurso tão optimista relativamente às contas públicas e depois diz "não" a questões essenciais à vida das pessoas, como foi o caso da última 6ªfeira. Para Nilza de Sena, aquilo que aconteceu mostra que "geringonça" não funciona e o Baixo Alentejo precisa mesmo do PSD para o defender.

Comente esta notícia