ETAR S.Teotónio

Tratou-se de um investimento da empresa Águas Públicas do Alentejo, no valor de cerca de 1 milhão 734 mil euros. 

A obra foi co-financiada em 85% por fundos comunitários, através do POSEUR-Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

Esta nova ETAR permite tratar as águas residuais provenientes de toda a população de S. Teotónio, composta por cerca de 2.100 habitantes. O novo equipamento dispõe ainda de um sistema de recepção e pré-tratamento de lamas provenientes de fossas e outras ETAR’s da região.

Este investimento vem complementar um outro feito pelas Águas públicas do Alentejo, em S. Teotónio, no valor de cerca de 162 mil euros, que permitiu desactivar duas fossas sépticas e construir um sistema interceptor para encaminhar todos os esgotos para a ETAR, e que foi co-financiado em 56% por fundos comunitários, através do POVT-Programa Operacional Valorização do Território.


Comente esta notícia