Estado de Emergência

Ao contrário do que tem acontecido, este novo Estado de Emergência terá apenas a duração de oito dias e não de quinze. No debate televisivo com Marisa Matias, Marcelo Rebelo de Sousa admitiu que considerava renovar o Estado de Emergência por um período mais curto até que os especialistas pudessem perceber os efeitos de desconfinamento parcial do período do Natal.

Segundo o que se pode ler no Notícias ao Minuto, Marcelo Rebelo de Sousa admitiu estar “preocupado” com a evolução epidemiológica em Portugal, dizendo ter a sensação que houve algum “laxismo” na época festiva que pode levar a um “galopar” dos números.

O Estado de Emergência referente à 2ª vaga de covid-19, foi decretado em 9 de novembro e vigora atualmente até 7 de janeiro, com recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.


Comente esta notícia