Aniversário PSD

Beja foi a cidade escolhida para receber o evento, porque é o local do interior do país que personifica alguns dos maiores desafios de Portugal no presente, designadamente a reforma da descentralização. Quanto ao Pax Julia, é um local simbólico para o PSD, em Abril de 1975, houve um comício do então PPD que foi interrompido por forças radicais, o agora Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, participava nessa iniciativa.

O desenvolvimento que se quer para o interior e para o distrito de Beja em particular mereceram destaque por parte de diversos intervenientes, Marciano Lopes, comissário nacional para as comemorações, falou daquilo que considera ser a “sina” desta região referindo-se ao “muito tempo” que os projectos levam até estar concretizados. Marciano Lopes destacou o aeroporto de Beja e não esqueceu as acessibilidades.

João Guerreiro, presidente da Distrital de Beja do PSD, considerou que é tempo de dar as mãos na defesa e na valorização do interior e recordou as principais carências desta região com destaque para as acessibilidades e para a saúde.

Rui Rio, presidente do PSD, apontou o exemplo da ferrovia, nomeadamente a falta da electrificação entre Beja e Casa Branca, para dizer que falta cumprir o terceiro “D” de Abril, o “D” de desenvolvimento. Para Rui Rio, o bem-estar desta região depende da solidariedade nacional e o País tem que olhar para o Alentejo e para o seu interior como uma oportunidade de desenvolvimento nacional.




Comente esta notícia