1498

Trata-se de um vinho tinto, com um longo período de amadurecimento e gestação desde a ideia inicial, que apresenta uma embalagem especial e que tem o objetivo de conquistar “uma franja de amantes de um produto único e inimitável”, diz José Miguel Almeida, presidente da Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito, frisando que o mesmo é “lançado em 2018, na altura em que se comemoram os 520 anos da chegada de Vasco da Gama à Índia, corria o ano de 1498. A associação com esta data é, por isso, um fator determinante, uma vez que se deseja comemorar esse encontro de culturas, entre o Ocidente e o Oriente”.

"Foi um pedido interessante e desafiante, este que a administração da adega me lançou há alguns anos. Foi-me solicitado que fizesse um vinho de topo, um vinho único e especial, a partir de uvas tintas selecionadas em vinhas escolhidas entre as melhores dos nossos associados. Foi difícil a seleção, mas, quando os cachos chegaram com uma extraordinária qualidade, deitar mãos à obra e fazer este 1498 foi uma aventura inebriante", partilha Luís Morgado Leão, enólogo da Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito.

A adega abre a possibilidade de colecionadores, ou simples interessados, poderem fazer a reserva de certas garrafas numeradas, ficando assim com a possibilidade de escolher certos números, que signifiquem datas, referências ou momentos especiais. 


Comente esta notícia