O Triunfo dos Valentes

“A narrativa deste livro acompanha a vida de uma família na vila mineira de Aljustrel, entre os anos cinquenta e setenta do século XX, numa altura em que as lutas dos mineiros eram um exemplo de resistência, num país dominado pelo regime ditatorial do «Estado Novo». Em Aljustrel reinavam a miséria, a doença e a repressão sobre os trabalhadores. As greves e as manifestações dos mineiros sucediam-se umas às outras. A coragem e a determinação de alguns habitantes em apoiar as famílias necessitadas e reivindicar melhores condições de vida para os mineiros faziam deles alvos a abater. Muitos foram perseguidos, presos, torturados, obrigados a sair do país.”

Grande parte da narrativa desta obra, de Mercedes Guerreiro, resulta de pesquisa bibliográfica, de arquivos da PIDE e da recolha de testemunhos de pessoas que viveram esses tempos conturbados. “O Triunfo dos Valentes” é, também, uma homenagem aos mineiros de Aljustrel e indiretamente a todos os mineiros do mundo, e às pessoas anónimas, geralmente, esquecidas nos livros de História, e que também elas contribuíram para mudar os rumos do país.


Comente esta notícia