Projeto piscina de Beja

A autarquia bejense revela que, depois, de receber “luz verde” do Tribunal de Contas para as obras de Reabilitação e Refuncionalização do Edifício da Piscina Descoberta, a intervenção vai arrancar já no próximo mês de julho.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja explica que o desejo da autarquia era que as obras pudessem já ter iniciado, mas todos os procedimentos desenvolvidos levaram o seu tempo e, agora, dois anos e meio depois chega-se à fase da obra.

O município de Beja recorda que esta é uma “empreitada, orçada em mais de um milhão e novecentos mil euros” e terá “um prazo de execução de 12 meses”, tendo “início já no próximo mês de julho, o que implicará o encerramento deste equipamento durante a presente época balnear”.

O autarca revela que a zona dos balneários vai sofrer remodelações profundas e a parte superior da Piscina vai ser totalmente renovada. Além disso, Paulo Arsénio esclarece que a obra poderia avançar mais tarde, mas isso implicaria que em 2021, o equipamento estivesse fechado. A opção foi encerrar este ano, tendo em conta também a situação de pandemia que vivemos.


Comente esta notícia