Euros

“Cerca de 33% dos portugueses fá-lo mensalmente, 9% diariamente e 5% semanalmente. Já 15% dos inquiridos revê o seu orçamento sem regularidade. Os inquiridos entre os 25 e os 34 anos (40%) e os residentes na região Centro (52%) são os que revelam um maior hábito de rever mensalmente o orçamento.

Nesta gestão, o peso das despesas mensais fixas regista um aumento e representa entre 25% a 50% do orçamento para mais de metade dos inquiridos (57%). Já as despesas diárias representam menos de 25% para metade dos inquiridos. Os valores referentes às despesas fixas têm maior peso junto dos inquiridos entre os 35 e os 64 anos (65%) e residentes no Grande Porto (68%).

Igualmente importante para uma gestão equilibrada é o conhecimento dos rendimentos e despesas. A grande maioria dos portugueses (89%) tem conhecimento do valor do rendimento mensal do agregado familiar.”


Comente esta notícia