Odemira Integra+

“O novo Plano Municipal para a Integração de Migrantes, com financiamento do FAMI, apresenta-se como uma continuidade no trabalho desenvolvido junto das comunidades migrantes e locais, sendo estruturado em 13 áreas de intervenção: Serviços de Acolhimento e Integração; Urbanismo e Habitação; Mercado de Trabalho e Empreendedorismo; Educação e Língua; Formação e Capacitação; Cultura; Saúde; Solidariedade e Resposta Social; Cidadania e Participação Cívica; Media e Sensibilização da Opinião Pública; Racismo e Discriminação; Relações Internacionais; Religião”, refere, igualmente, o documento da Câmara de Odemira.

Foram delineadas as dimensões estratégica e operacional e gizadas medidas direcionadas à população migrante e à comunidade local, para execução entre outubro de 2018 e agosto de 2020, avança, ainda, o documento enviado à nossa redação.


Comente esta notícia