obras OP Odemira
As propostas mais votadas são incluídas no Orçamento Municipal de 2017, até ao montante global de 500 mil euros.

A apresentação das propostas vencedoras, marcada para as 17.30 horas, no auditório da Biblioteca Municipal, decorre no âmbito de uma cerimónia de celebração dos 40 Anos do Poder Local Democrático, que inclui também a assinatura de protocolos com as Juntas de Freguesia e com as instituições sociais do concelho.

Nesta edição do Orçamento Participativo a população odemirense escolheu, durante os meses de Outubro e Novembro, entre um total de 14 propostas de investimentos públicos, no valor máximo de 125 mil euros cada, para várias localidades e freguesias, com vista à melhoria e/ou criação de equipamentos culturais, desportivos e de lazer. Na edição deste ano foi introduzida a condição de afectar 250 mil euros para projectos promovidos nas freguesias do litoral ou com população superior a 1.500 habitantes e outros 250 mil euros para projectos promovidos nas freguesias com população inferior a 1.500 habitantes.

Ricardo Cardoso, vereador da autarquia de Odemira, avança com uma das novidade do próximo orçamento participativo, também as freguesias do concelho vão dar a "palavra" às populações para que possam escolher os investimentos que considerem prioritários.

Criado em 2011 com o objectivo de potenciar o exercício da cidadania participada, activa e responsável, com vista à melhoria da qualidade de vida no concelho, o Orçamento Participativo de Odemira é um dos processos em todo o país com maior índice de participação pública e maior valor de investimento per capita.

Comente esta notícia