Azeitonas

Álvaro Labella, diretor da Olivum - Olivicultores do Sul, explicou que os produtores de olival de sequeiro, que pertencem à Associação, queixam-se sobretudo, do menor calibre e quebra de produção de azeitona, o que invalida o encaminhamento de alguma para conserva. Quanto ao facto, das azeitonas apresentarem também, menos teor de gordura, Álvaro Labella diz que por enquanto isso não está a afetar a qualidade do azeite, mas sim a quantidade que estes produtores vão conseguir fazer este ano.

Quanto aos resultados das campanhas deste ano, Álvaro Labella diz que para os produtores de olival de regadio, as expetativas são as melhores, superando o ano 2016 e que para os de olival de sequeiro, as quantidades vão ser menores do que o esperado.

Luís Saraiva Crisóstomo, Gerente da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos, afirma que a seca provocou uma baixa de produção, mas a qualidade vai manter-se.


Comente esta notícia