Odemira
As propostas são agora submetidas a análise técnica, para posterior votação durante os meses de Outubro e Novembro, as vencedoras, num montante global de 500 mil euros, são integradas no Orçamento Municipal de 2017.

Foram apresentadas 27 propostas, no valor máximo de 125 mil euros cada, que se distribuem pelo território odemirense e que incidem sobre projectos de investimento público. Entre as propostas há a criação de ecovias, requalificação de espaços verdes e de infraestruturas para fins recreativos, desportivos ou empresariais, entre outros.

Segundo a autarquia a apresentação de 27 propostas demonstra o crescente interesse que este programa desperta nos odemirenses, pois representa o número mais elevado de propostas apresentavas dos últimos três anos, afirmou à Voz da Planície o vereador da Câmara de Odemira Ricardo Cardoso. Frisou também, que as propostas apresentadas demonstram, igualmente, qualidade e diversidade.

O Orçamento Participativo de Odemira pretende potenciar o exercício da cidadania participada, activa e responsável, com vista à melhoria da qualidade de vida no concelho. Lançado em 2011, o OP de Odemira é um dos processos em todo o país com maior índice de participação pública e maior valor de investimento per capita.




Comente esta notícia