Operação Hermes

Até ao dia 3 de setembro, a GNR intensifica as ações de patrulhamento, fiscalização e apoio aos utentes das vias rodoviárias, com o objetivo de garantir a sua segurança durante os deslocamentos de e para os locais de veraneio e eventos de diversa natureza próprios desta altura do ano.

Durante a operação, a GNR irá privilegiar uma atuação preventiva nos principais eixos rodoviários (autoestradas, itinerários principais, itinerários complementares e estradas nacionais), assim como, nos acessos às localidades e respetivas artérias, no sentido de reduzir a sinistralidade e as consequências da mesma.

Os militares empenhados na operação, da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais, estarão particularmente atentos aos comportamentos de risco, que coloquem em causa a segurança rodoviária, nomeadamente:

- Manobras perigosas de ultrapassagem, mudança de direção, inversão do sentido da marcha, cedência de passagem, distância de segurança e circulação na via mais à direita;

- Condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas;

- Condução sem habilitação legal;

- Excesso de velocidade;

- Incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção de crianças;

- Utilização indevida do telemóvel.

Recorde-se que na área de responsabilidade da GNR, no ano de 2017, nos meses de julho e agosto, foram registados 4.145 acidentes de viação com vítimas, resultando em 83 vítimas mortais e 361 feridos graves.




Comente esta notícia