água torneira

A proposta, que foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal, com os votos do PS e do PSD, continuou a ter o voto favorável do PS na Assembleia Municipal, mas teve a abstenção dos três eleitos do PSD e o voto contra da CDU.

Marcelo Guerreiro, presidente da Câmara Municipal de Ourique, afirma que são vários os benefícios que a criação desta parceria pode trazer para o concelho e aponta o exemplo daquilo que foi feito, em 2009 com a criação por parte de 21 municípios alentejanos da empresa Águas Públicas do Alentejo tendo em vista a gestão da água em alta.

Ainda segundo Marcelo Guerreiro têm surgido vários “equívocos” por parte de outras forças políticas em torno da criação da nova parceria para gerir a água em baixa.

Recorde-se que em Junho veio a público a intenção dos municípios de Aljustrel, Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura e Ourique, todos do PS, constituírem uma parceria para a gestão dos sistemas de água em baixa. No caso de Beja, o projecto acabou por não passar na Assembleia Municipal.






Comente esta notícia