Azeitonas

A UCASUL - União de Cooperativas Agrícolas do Sul foi uma das entidades vencedoras da 6.ª edição dos prémios Green Project Awards (GPA) 2013 em Portugal. O projecto que deu origem ao prémio foi desenvolvido em parceria com o CEBAL, o Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo que estudou as potencialidades do bagaço da azeitona, como uma matéria-prima a valorizar.

A relação dos premiados foi revelada, esta terça-feira, numa cerimónia que teve lugar na Fundação Champalimaud, em Lisboa, e que contou com a presença do Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva, e da Ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas.

Foram distinguidas várias entidades em sete categorias distintas: Agricultura, Mar e Turismo; Investigação & Desenvolvimento; Information Technology; Gestão Eficiente de Recursos; Produto ou Serviço, Iniciativa de Mobilização SIC Notícias e Iniciativa Jovem.

A UCASUL foi a vencedora na categoria de Investigação e Desenvolvimento com o projecto Refinolea - valorização integrada de resíduos e subprodutos da extração de azeite. O projeto, desenvolvido em articulação com o CEBAL, tem uma visão inovadora sobre o bagaço de azeitona extratado. Numa altura em que a produção de azeite no Alentejo é a maior de sempre, a UCASUl teve a preocupação de o tratar como uma matéria-prima a valorizar e não como resíduo. O projeto pretendeu ainda estudar a implementação do bagaço extratado no conceito de biorrefinaria. Os resultados são muito positivos e dada a relevância desta fileira nos países mediterrânicos, este projeto pode ser uma grande oportunidade.

Carlos Martins, responsável da UCASUL regozija-se com o prémio e fala da sua importância na abertura de portas a novas parcerias.

Tendo em conta a importância da aproximação estratégica entre a investigação e a produção, o Presidente do CEBAL, Claudino Matos, investigador doutorado em engenharia zootécnica, fala da missão do CEBAL que é trabalhar com as empresas. 

A 6.ª edição do Green Project Awards ficou ainda marcada pela conferência "Mobilizar Portugal para a Economia Verde", na qual se debateram temas como: "A Competitividade de uma Economia Sustentável"; "A (R)evolução do setor primário como motor para o crescimento sustentável" e "Economia Verde: uma oportunidade para o crescimento".

Desde a sua criação em 2008, o Green Project Awards tem vindo a distinguir o mérito dos projetos que têm contribuído para promover a partilha de boas práticas que fomentem o empreendedorismo, a inovação, o desenvolvimento sustentável e a economia verde.


Comente esta notícia