Mercado Municipal

Até à conclusão da empreitada que foi adjudicada por um valor superior a 2 milhões de euros, Paulo Arsénio explica que “a solução possível ainda que não seja a ideal” passa pela “deslocação de um conjunto de operadores para o Largo de Santo Amaro”, a partir desta segunda-feira.

O presidente da Câmara de Beja esclarece que o Mercado Municipal da cidade continuará aberto, “com entrada numa porta lateral” do edifício que “dará acesso a um dos talhos que, ainda, tem contrato com a autarquia até final de fevereiro”. Também a peixaria se manterá no Mercado Municipal até ao fim deste mês.

Paulo Arsénio prevê que as obras estejam concluídas “durante o ano de 2021 ou o mais tardar início de 2022”, altura em que os comerciantes retornarão ao Mercado Municipal de Beja.

O tradicional Mercado de Santo Amaro, que se realiza aos sábados, das 6:00h às 13:00h, será, temporariamente, transferido para a rua Conselheiro Menezes.

A empreitada obteve um financiamento comunitário de 1,3 milhões de euros, através de candidatura aprovada pelo Alentejo 2020 e um empréstimo de 573 mil euros, a 15 anos, junto do Banco Europeu de Investimento (BEI). 


Comente esta notícia