Jornadas Europeias do Património 2018

Em Beja celebra-se nesta sexta-feira, o barro e os seus mestres no encontro “Memórias do Barro”, na freguesia de Beringel, a partir das 09.30 horas e até às 11.00 horas. O encontro prossegue depois, das 15.30 horas às 17.00 horas, no Centro UNESCO, em Beja, com Isabel Semedo de Cabo Verde, Virgínia Frois e António Mestre, de Beringel. Neste mesmo dia há ainda, a partir das 18.00 horas, uma conferência sobre “O barro e o início do Mundo”, também no Centro UNESCO, com André Tomé e Virgínia Frois, que aborda o tema: “Falar de barro, entre o útil e o inútil”. É inaugurada, igualmente, no dia de hoje, neste mesmo local, a exposição permanente “Escultura do Mestre Isaclino”.

Ainda no âmbito das Jornadas Europeias do Património, a capital de distrito recebe neste sábado, pelas 15.00 horas, uma palestra sobre o tema: “Beja Medieval, entre o Mundo Islâmico e o Mundo Cristão”, pelo Professor Hermenegildo Fernandes, da Faculdade de Letras, da Universidade de Lisboa.

Em Alvito, a proposta vai para a realização, nesta sexta-feira, da 4ª edição do Concurso de Fotografia: “Alvito Olhares…”, em Vila Nova da Baronia, no Centro Cultural, a partir das 21.00 horas. Sábado, dia 29, há “Geografias da Memória”, para apreciar em Alvito e Vila Nova da Baronia, das 10.00 horas às 13.00 horas. Alvito sugere ainda, um passeio no concelho centrado nas memórias dos lugares, através do testemunho de pessoas conhecedoras do território.

Almodôvar faz neste sábado, uma caminhada pelos monumentos, com partida marcada para as 09.30 horas, no Convento de Nossa Senhora da Conceição.

Moura faz nesta sexta-feira, dia 28, a atividade: “A minha vida dá uma história”, nas escolas básicas do 1º Ciclo.

Odemira realiza nesta sexta-feira, uma tertúlia, às 16.00 horas, na Igreja da Misericórdia, com investigadores, dinamizadores, artesãos e artistas sobre diferentes perspetivas, experiências, ameaças e oportunidades das diferentes manifestações e tradições culturais do concelho.

Em Serpa, a autarquia faz o lançamento, nesta sexta-feira, das “Atas do VIII Encontro de Arqueologia do Sudoeste Peninsular”, pelas 18.00 horas, na Sala Polivalente do Museu Municipal de Arqueologia. Para sábado está marcada a tertúlia “O Centro de Cultura Popular na História da Arqueologia de Serpa”, para as 15.00 horas, para a Sala Polivalente do Museu Municipal de Arqueologia.


Comente esta notícia