paulo arsenio

Paulo Arsénio entende que há “espaço” para mais que uma lista, mas não sabe se mais alguém vai avançar e garantiu que, a ser eleito, para um terceiro mandato, por opção pessoal, será o último como presidente da Concelhia, embora os Estatutos do Partido permitam um máximo de 4 mandatos.

Paulo Arsénio revelou ainda os principais argumentos que o levaram a avançar com a recandidatura. Ainda segundo Paulo Arsénio a ideia é dar continuidade ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido, melhorando alguns pontos que não correram bem e limando algumas arestas que não foram bem- sucedidas.



Comente esta notícia