Deputado João Dias Parlamento

O deputado do PCP explica quais são as recomendações do projeto de resolução em causa. No caso dos cuidados hospitalares esclarece que têm de ser mantidas as valências existentes e reivindicar mais, para além das que se dispõem.

Nos cuidados de saúde primários é preciso resolver a questão da falta de médicos que vai afetar a maior parte dos centros de saúde do distrito, a breve trecho, esclareceu, igualmente, João Dias.

Nos cuidados continuados é preciso ter mais capacidade de resposta e não permitir que as unidades existentes estejam concentradas em Serpa e Ferreira, sem prejuízo destas continuem a existir, frisou, ainda, João Dias.

O PCP apresenta o projeto de resolução esta semana e quer ver o mesmo discutido, e votado, no decorrer deste mês de julho. João Dias disse, também, que vai ser importante ver como votam os outros grupos parlamentares neste plano de emergência, ou seja qual vai ser o seu posicionamento relativamente a esta matéria.


Comente esta notícia

Galeria de fotos