troço A26  (foto de SkyscraperCity)

Miguel Ramalho, da DORBE do PCP, afirma que a justificação dada pelo Governo sobre a não abertura do referido troço, devido a problemas relacionados com a conclusão da praça de portagens, é “uma desculpa insustentável” e sublinha que é inaceitável para um projeto desta natureza, não terem sido prevenidas estas situações.

Quanto às recentes declarações dos deputados socialistas sobre a garantia de mandar elaborar até ao final do ano o projeto de eletrificação da linha entre Casa Branca e Beja, Miguel Ramalho recorda que o PS foi o único partido, na Assembleia da República, que votou contra medidas que tinham em vista assumir como prioridade a requalificação da linha férrea Casa Branca-Beja, incluindo a sua eletrificação.


Fotografia tirada de SkyscraperCity  


Comente esta notícia