PCP Beja

Miguel Violante, do PCP de Beja, fez um balanço muito positivo dos trabalhos, realçando o facto, de se ter aprovado neste encontro, por unanimidade, uma resolução política, que define a estratégia para o concelho, nos próximos quatro anos. Miguel Violante identificou algumas das linhas de orientação aprovadas.

Neste encontro onde ficou claro, segundo Miguel Violante, que o PCP é um partido vivo, de luta e com um projeto de futuro ficaram, igualmente, definidos os objetivos que se pretendem alcançar nas duas eleições marcadas para 2019, europeias e legislativas. O reforço do partido no concelho é a grande meta traçada e Miguel Violante acredita que a população vai perceber que a CDU deixou a sua marca no concelho e que a mesma foi interrompida pelo atual Executivo “sem estratégia” para o território, demonstrando isso mesmo nos resultados eleitorais.

Nesta que foi a 13ª Assembleia foi eleita, ainda, a nova Comissão Política Concelhia de Beja, que integra 27 elementos, representativos das mais variadas áreas profissionais.


Comente esta notícia