conferencia PCP

Em conferência de imprensa, para fazer o balanço da 3ª Sessão Legislativa da XIII Legislatura da Assembleia da República, o deputado do PCP apresentou dados concretos e diz que a nível das questões regionais que são apresentadas as discrepâncias entre os três são ainda maiores, por isso, pergunta, o que estão lá a fazer os deputados do PS e do PSD?

Para João Dias, se o deputado socialista e a deputada social democrata não levam os problemas da região à Assembleia da República é porque consideram que no Baixo Alentejo está tudo bem. Segundo João Dias as maiores preocupações, assim como, as respectivas propostas chegam pela mão do PCP e aponta exemplos em várias áreas com destaque para as acessibilidades rodoviárias, nomeadamente o IP8, e a construção da 2ª fase do Hospital de Beja.

Quanto à próxima sessão legislativa, com inicio marcado para Setembro, João Dias garante que o PCP vai estar atento para ver se é concretizado o que foi aprovado pela Assembleia da República, porque o Governo faz “ouvidos de mercador”, o deputado comunista considera ainda que os baixo alentejanos têm o direito de se sentirem enganados no “logro” que tem sido montado porque as promessas têm sido adiadas.

João Dias revela ainda que é possível que o PCP avance com projectos integrados tendo em vista o desenvolvimento do Alentejo e apela à união das várias forças políticas.



Comente esta notícia