Agricultura

Neste contexto, a nota de imprensa recorda que a agricultura está na base da atividade económica do concelho de Moura e que o PCP é a única força política que defende um outro modelo económico para a região e para Alqueva. Prossegue frisando que o desenvolvimento e a modernização da agricultura não servem os interesses das populações, nem do Alentejo, se estiverem associados a trabalho escravo, trabalho sem direitos, precariedade e baixos salários.

A nota de imprensa refere também, que no concelho de Moura, o PCP tem contribuído na defesa dos rendeiros na herdade dos Machados, no seu direito a terem acesso à terra para produzirem, isto mesmo referiu à Voz da Planície João Ramos, candidato da CDU ao concelho de Moura.

O documento recorda que foi o PCP que propôs uma reavaliação da utilização de regadio na Rede Natura e a definição de uma estratégia nacional para a agricultura de sequeiro, assim como o mundo rural que conte com uma floresta valorizada e produtiva, corretamente gerida e ordenada.

No final a CDU reafirma o seu compromisso de continuar a pugnar pelo aproveitamento das potencialidades agrícolas do concelho, considerando para isso fundamental o alargamento da área de regadio para a zona da Póvoa de S. Miguel e Amareleja e a existência de apoios para quem pretenda a partir do aproveitamento agrícola apostar na transformação dos produtos, defendo ao mesmo tempo a valorização da agricultura familiar, as declarações são também, de João Ramos.


Comente esta notícia