PONTE ROMANA DE VILA RUIVA

Na resposta recebida por parte da tutela, ou seja do Ministério da Agricultura, ficou claro que foi dada razão às preocupações do PCP e que se depreende que há uma clara falta de supervisão, assim como conteúdos legislativos sobre esta matéria muito vazios, afirmou João Dias, em declarações à nossa estação.

Neste contexto, João Dias recordou o conjunto de preocupações que a questão do olival intensivo suscita ao PCP, que há necessidade de se legislar sobre esta matéria e

que se aguarda resposta do Ministério da Cultura sobre as questões colocadas relativamente à ponte romana afetada em Vila Ruiva, no concelho de Cuba.


Comente esta notícia