PCP Alentejo
Um Plano que assente na dinamização e diversificação da base económica, na intensificação do investimento público posto ao serviço da região, na canalização de fundos comunitários mas que não sirvam para drenar meios para o grande capital, na melhoria da mobilidade, na promoção do desenvolvimento regional.
Sobre as questões políticas regionais, Rogério Silva, da DRA do PCP, deixou três notas, uma sobre as situações económicas e sociais, outra sobre a agricultura e uma outra sobre o trabalho dos deputados eleitos.
A regionalização foi outro tema em cima da mesa, a DRA, afirma que a luta pela criação das regiões administrativas tem de prosseguir, e sublinha a importância da iniciativa legislativa apresentada pela grupo parlamentar do PCP na Assembleia da República, que traz de novo para a agenda política este processo, através de propostas concretas tendo em vista a sua criação. As declarações são também, de Rogério Silva.
Em ano de eleições autárquicas, este foi um assunto abordado pela DRA do PCP, neste capítulo, "valoriza o esforço e a dedicação dos seus militantes e de todos os que partilham o projecto unitário, democrático e participado da CDU, pela forma como está a ser desenvolvida a acção, em que com dinâmica e capacidade de iniciativa se sucedem a divulgação e apresentação de candidatos em toda a região, sendo traço comum o acolhimento e a simpatia das populações, ao mesmo tempo que decorre o trabalho de prestação de contas, e que na gestão autárquica os eleitos da CDU, concretizam os compromissos que assumiram com a população, estando empenhados em trabalhar para o desenvolvimento e progresso dos municípios e freguesias".

Comente esta notícia