Semana Nacional da Cáritas

Durante estes dias, a Cáritas Diocesana de Beja mostra à comunidade o trabalho que desenvolve, estabelecendo contacto direto com a população, com aqueles que apoiam a missão da instituição e, também, em muitas situações, com aqueles que são beneficiários da sua ação, explica o presidente da Direção, Isaurindo Oliveira.

Isaurindo Oliveira revelou, igualmente, quais são os destinos das verbas a angariar nestes quatro dias de peditório.

No final, Isaurindo Oliveira deixou um apelo à participação no peditório público da Cáritas Diocesana de Beja.

No ano de 2018, a Cáritas Diocesana de Beja registou mais de 2.700 atendimentos e acompanhou cerca de 2000 pessoas, nas suas diferentes valências e serviços. A instituição apoiou com roupa e calçado 1.107 pessoas e beneficiou de alimentos 876. A cantina social distribuiu 18.764 refeições, numa média de 24 famílias por mês. No refeitório social foram apoiados 68 utentes e servidas 24.350 refeições.

A Cáritas Diocesana de Beja é coordenadora e mediadora do Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas, que abrange 352 beneficiários dos concelhos de Beja, Alvito, Ferreira do Alentejo, Vidigueira e Cuba. Foram distribuídos cerca de 1602 cabazes, o que perfaz uma média de 134 cabazes por mês, o que corresponde a 134 famílias apoiadas por este programa.

Através do Fundo de Emergência Social, para onde reverte o valor angariado pelo peditório público, apoiou, em 2018, financeiramente 452 pessoas, num valor de cerca de 15 mil euros, investidos em despesas de educação, saúde, habitação, entre outras. 

 Fundo de Emergência Social – Caritas de Beja BPI 0010.0000.1988.9390.014.45 


Comente esta notícia