Pedro do Carmo

Quase de saída e depois de oito anos na liderança da Federação do Baixo Alentejo do PS, Pedro do Carmo frisa à Voz da Planície que foram “8 anos de dedicação ao PS”. O ainda presidente da Federação faz um balanço positivo do seu percurso que está na recta final e afirma sair com “a sensação de dever cumprido”, ressaltando que “o PS é hoje o maior partido da região” ao nível autárquico e em eleições nacionais. 

Questionado quanto a momentos marcantes, Pedro do Carmo afirma que “foram muitos”, salientando, entre eles, a vitória das últimas eleições autárquicas, em que o PS conseguiu a liderança de 10 das 14 autarquias do distrito. Além deste “momento muito significativo”, Pedro do Carmo destaca, também, o papel desenvolvido pela CIMBAL, que diz ser uma CIM de referência em termos de trabalho em prol da região e, por fim, sublinha ainda o reforço da representação parlamentar. 

Pedro do Carmo revela que, agora, “é hora de continuar a trabalhar” e garante que “vai estar ao lado de todos os eleitos, com orgulho e satisfação”. 

Recorde-se que é amanhã, dia 17, que a Federação do Baixo Alentejo (FBA) do PS vai a votos. Na corrida estiveram inicialmente dois candidatos, mas Hélder Guerreiro retirou-se, no final do passado mês de junho, para ser “construída uma solução consensual” que aposta em Nelson Brito. 

A eleições no mesmo dia vai, também, o Departamento Federativo das Mulheres Socialistas, com Laura Rodrigues a assumir uma recandidatura a este cargo.


Comente esta notícia