Pedro Marques - Europeias

Pedro Marques, já num claro ambiente de campanha eleitoral, fez-se acompanhar por Maria Manuela Leitão Marques, também ex-ministra socialista e também candidata na lista do PS, Pedro do Carmo, deputado e líder da Federação Socialista do Baixo Alentejo, quadros locais do Partido Socialista e uma comitiva de jovens socialistas.

Questionado pela Voz da Planície se não temia a reacção dos baixo alentejanos à sua candidatura, face ao seu desempenho no Governo, Pedro Marques garantiu estar a ser “muito bem recebido no Baixo Alentejo”, realçou “a dinâmica do certame” que estava a visitar e manifestou “orgulho na obra feita por este governo”, realçando o lançamento do concurso para o estudo da electrificação da linha férrea Beja- Casa Branca, que classificou como “uma marca de esperança de futuro”.

Quanto ao seu papel na resolução dos problemas das infraestruturas da região, Pedro Marques, tem a expectativa que os eleitores olhem para os resultados globais alcançados pelo governo que, segundo o candidato, também se fizeram sentir na região.

Enquanto ministro, Pedro Marques, esteve uma única vez no distrito de Beja, a poucos dias de terminar o seu mandato, quando já era público que iria deixar o governo para assumir a candidatura ao parlamento Europeu.

Na pele de candidato número um dos socialistas ao Parlamento Europeu, Pedro Marques escolheu o distrito de Beja para uma das suas primeiras acções de campanha.

As eleições para o Parlamento Europeu terão lugar entre 23 e 26 de maio. Em Portugal serão no domingo, dia 26.



Comente esta notícia