Plataforma Alentejo

Claudino Matos, do Secretariado da Plataforma Alentejo, começa por esclarecer o objetivo destes encontros que precedem a Convenção agendada para a próxima semana.

Claudino Matos faz, também, o balanço destas duas conversas, dizendo que correram muito bem e que os grupos parlamentares do PEV e do CDS-PP perceberam a importância da reivindicação das acessibilidades, comprometendo-se a colocar esta matéria nos seus programas eleitorais às legislativas 2019.

Antes da Convenção, a Plataforma Alentejo reúne-se, igualmente, com o PCP e o PSD. O encontro com o PCP está agendado para o dia 10 deste mês. Quanto ao encontro com o PSD ainda se aguarda a confirmação da data.

Recorde-se que a Convenção Alentejo se realiza no dia 12 deste mês, no auditório da CCDRA, em Évora e que os trabalhos têm início às 9.30 horas. Durante a manhã vai falar-se sobre “Porto de Sines e Aeroporto de Beja-Infraestruturas Estratégicas de interesse nacional e regional”, uma intervenção a cargo de Manuel Tão, Grupo Técnico de Apoio à Plataforma Alentejo. Segue-se a intervenção de Elio Bernardino, do mesmo Grupo Técnico, com a abordagem ao tema “Infraestruturas de acessibilidade ferroviárias e rodoviárias-sua importância estratégica e prioridades”.

Da parte da tarde, é a vez de Carlos Gaivoto, do Grupo Técnico de Apoio à Plataforma Alentejo abordar o “PROTA em revisão e o Plano Intermunicipal-modelo de ordenamento e planeamento”. O encerramento dos trabalhos está marcado para as 18.00 horas.


Comente esta notícia