os verdes

A existência de coberturas de fibrocimento que contêm amianto é uma das principais preocupações tendo em conta que em causa está uma substância altamente perigosa para a saúde pública, com todos os riscos que daí podem advir.

São também abordadas outras questões que afectam o edifício, quase com 30 anos, e que se apresenta cada vez mais degradado, afirmam "Os Verdes", depois de terem visitado aquele estabelecimento de ensino, que há janelas que não abrem, a cobertura do bloco de aulas deixa passar água, o mobiliário encontra-se degradado.

Recorde-se que a Escola Secundária de Castro Verde é uma das 57  que faziam parte do levantamento feito em 2007 no Alentejo, tendo chegado a estar prevista uma intervenção no âmbito da terceira fase do Programa de Modernização do Parque Escolar, só que as obras nunca chegaram a arrancar. 


Comente esta notícia