Plataforma Alentejo

“Angariar as 4000 assinaturas e vincular o Plenário da Assembleia da República à discussão da Petição Pública “PLATAFORMA ALENTEJO-Estratégia Integrada de Acessibilidade Sustentável do Alentejo nas ligações Nacional e Internacional” constitui uma das formas de dar visibilidade e força à voz dos 8 deputados eleitos pelos círculos eleitorais do Alentejo”, refere o documento enviado à nossa redação, sustentando que “ainda se está a tempo de ultrapassar atrasos e demonstrar que o Alentejo é capaz de falar a uma só voz em defesa dos seus superiores interesses.

A nota de imprensa apela, igualmente, aos municípios e outras organizações que ainda o não fizeram, para um esforço especial no sentido de até ao final do corrente mês de ser agendada a discussão e votação da adesão e/ou apoio à “PLATAFORMA ALENTEJO-Estratégia Integrada de Acessibilidade Sustentável do Alentejo nas ligações Nacional e Internacional”. Em anexo, à nota de imprensa, a Plataforma Alentejo revela que já aderiram 13 municípios, que há 34 que ainda não discutiram a estratégia e que há 2 presidentes de Câmara que assinaram, mas que, também, não discutiram.

A Plataforma Alentejo reitera, ainda, que a subscrição pública da petição pode ser feita através do link: http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT90336, até ao final deste mês.



Comente esta notícia

Beja merece mais. Auto estrada, Comboios, e Hospital e Aeroporto.

Fernando César Moreira Rocha

21/03/2019