Cooperativa Cultural Alentejana

A Cooperativa Cultural Alentejana propõe para esta tarde, às 18.30 horas, para o seu espaço na Rua da Biscainha, nº 3, junto às Portas de Mértola, em Beja, um sarau de poesia, com o poeta e ator João Vasco Henriques e a declamadora Maria José Borralho.

A Biblioteca Municipal de Beja recebe, às 21.00 horas, a apresentação do nº 16, da revista "Aldraba - Associação do Espaço e Património Popular". Uma sessão que conta com a presença dos autores Paulo Lima, diretor da Casa do Cante de Serpa, que escreveu o artigo "Património Cultural Imaterial: conceitos e formas desadequadas de olhar a paisagem..." e de Marco Valente, arqueólogo, que elaborou um texto sobre "Ética e Deontologia em Arqueologia como retorno para a Comunidade (relatos de uma experiência pessoal)".

A Biblioteca Municipal de Beja promove a iniciativa: "Conversas Andarilhas", no Centro Comunitário de Santa Vitória, concelho de Beja, às 16.00 horas. Os livros, os contos, os dizeres antigos, as cantigas, os versos, podem ser um bom princípio de conversa e misturam-se com as histórias de vida que moram no corpo, nos gestos e do dizer de quem já viveu muito e ganhou o direito de ter uma história para contar.

O Pax Julia - Teatro Municipal de Beja recebe às 21.30 horas, um espetáculo de dança contemporânea, de Márcia Lança. O espetáculo "Evidências suficientes para a não coerência do mundo" apresenta um desaparecimento brusco de várias evidências, revela incoerências enquanto paradoxos, questionando-se sobre se as coisas produzem sentidos ou se produzimos sentidos a partir das coisas. 


Comente esta notícia