2014

Portugal deixou de ser um País de risco moderado em termos de agitação social e é visto agora como sendo de alto risco para o novo ano que começa hoje.

Segundo os especialistas da Economist Intelligence Unit, neste ano, que agora se inicia, prevê-se um agravamento de protestos e tumultos, que colocam Portugal ao lado de 45 outros países, como é o caso da Espanha, da Turquia e do Brasil, também com alto risco de agitação social.

Casimiro Santos afirma que Portugal não é um País de grandes confusões e mesmo tendo em atenção as dificuldades que os portugueses estão a enfrentar, o coordenador da União de Sindicatos do Distrito de Beja não acredita que venham por ai grandes tumultos ou agitação social. Para Casimiro Santos, neste novo ano, a luta e o protesto vão prosseguir de forma pacífica.


Comente esta notícia