Mãos de Jovem e de Idoso

Há cada vez mais idosos em Portugal. O retrato do País é feito pela base de dados PORDATA, da Fundação Francisco Manuel dos Santos, revelando que 15% da população tem idade inferior a 15 anos, contra 19% que tem mais de 65 anos de idade. São mais de dois milhões de idosos, muitos deles vivem sozinhos e a maior parte sobrevive com uma pensão inferior ao salário mínimo nacional.

Para o sociólogo Jorge Salvador e comentador da Voz da Planície são dados que reflectem que o País está mais desigual e que o desequilíbrio entre o número de jovens e de idosos agrava a sustentabilidade futura do sistema de Segurança Social.

Este retrato de Portugal mostra ainda que o rendimento médio das famílias voltou a ser, em 2011, inferior a 30 mil euros. Apesar de ganharmos menos, poupamos mais, já que continuam a aumentar os depósitos a prazo das famílias.

Para Jorge Salvador aquelas informações podem significar que chega mais dinheiro ao País, através de remessas enviadas pelos emigrantes, ou então que as famílias mais abastadas estão a investir cada vez menos no consumo privado.

Jorge Salvador afirmou, igualmente, que os dados revelados pelo PORDATA reflectem uma fragilidade inequívoca na sociedade portuguesa, revelando a sua total incapacidade para gerar emprego e manter empresas.

O sociólogo terminou frisando que o retrato do PORDATA é preocupante e que espera que o de 2012 e futuros tragam dados mais positivos.

 

Comente esta notícia