saúde

A delegação que, para além daquelas entidades integrou ainda membros do Conselho Distrital de Beja, visitou os hospitais José Joaquim Fernandes, de Beja, e do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, bem como os Centros de Saúde de Beja, Castro Verde, Almodôvar, Sines e Santiago do Cacém.

Pedro Vasconcelos, presidente do Conselho Distrital de Beja da Ordem dos Médicos, explicou que nas visitas efectuadas, um dos constrangimentos identificados foi, a dificuldade de fixar pessoal médico.

Problemas sectoriais, relacionados com instalações e equipamentos, assim como a referenciação de doentes do Distrito Médico de Beja, que inclui o Litoral Alentejano, para o Hospital de Évora foram os outros problemas identificados.

Estas visitas foram consideradas por todos, muito proveitosas e permitiram o contacto directo com médicos e a troca de impressões sobre assuntos da actualidade da Saúde e sobre as necessidades locais, pretendendo-se dar-lhes continuidade, através de idêntico plano de visitas já anteriormente previsto pelo órgão distrital da Ordem, afirmou, igualmente Pedro Vasconcelos.


Comente esta notícia