SÍMBOLO DO PARTIDO SOCIALISTA

Na nota de imprensa enviada à nossa redação, o PS de Odemira deixa várias criticas ao comunicado, publicitado no facebook do PSD.

Sobre a criação de programas de intervenção que visem o apoio aos agentes económicos e à promoção dos seus níveis de competitividade, bem como à maior participação da sociedade civil e das associações empresariais nas opções estratégicas do concelho de Odemira, responde que o PS criou o programa Odemira Empreende.

Sobre a redução do IMI para pequenos e médios empresários, preconizando uma discriminação positiva sectorialmente, havendo um aumento da redução do IMI a partir do litoral para o interior do concelho, o PS responde que, conforme consta no seu programa eleitoral, de forma pró-ativa junto da Autoridade Tributária reviu no ano de 2015 os coeficientes de localização para efeitos de cálculo de IMI, onde o interior do concelho é justamente discriminado de forma positiva.

Sobre a criação de condições para a implantação de indústrias adjacentes aos terrenos do MLA - Matadouro do Litoral Alentejano, SA, de modo a gerar sinergias económicas, o PS afirma que  efetuou um conjunto de contactos para tornar possível essa intenção de forma articulada com a viabilização económica da referida sociedade.

Relativamente à criação de áreas de acolhimento empresarial que abrangesse as Freguesias de Colos, Relíquias e S. Martinho das Amoreiras, tendo em conta as potencialidades existentes e a tentativa de captação de novas vertentes de negócio, o PS recorda que adquiriu muito recentemente, em finais de 2015, um terreno em Colos para a viabilização, entre outros equipamentos, de uma área de fixação empresarial.

Para a isenção/redução de taxas a aplicar em empresas que se queiram instalar no concelho, com o compromisso de empregabilidade com jovens locais pelo período de 2 anos, com os atuais benefícios fiscais. A esta matéria o Executivo PS, frisa que conforme consta no seu programa eleitoral, criou estas medidas de isenção/redução de taxas, benefícios fiscais e o Ninho de Empresas, no âmbito do programa Odemira Empreende.

Alteração ao PDM para instalação de bolsas de terrenos para pequenas áreas empresariais, como medida de atração de investimento e de forma a dinamizar as Freguesias. O PS de Odemira relembra que, conforme consta no seu programa eleitoral, iniciou o processo de revisão do PDM, tendo na fase diagnóstico organizado diversas iniciativas públicas de auscultação dos cidadãos.

Sobre inovar o Sector do Desenvolvimento Económico do Município, tornando-o pró-ativo. O PS explica que,  conforme consta no seu programa eleitoral, já participou em mais de quatro centenas de reuniões com empreendedores e criou o Gabinete de Apoio ao Empreendedor num espaço inovador denominado "Oficina do Empreendedor".

Criar o selo "PRODUZIDO NO PARQUE NATURAL DO SUDOESTE ALENTEJANO E COSTA VICENTINA". Sobre esta matéria o PS diz que apostou numa política de valorização de produtos locais, que tem no registo da marca "Medronho SW" uma aposta clara.

Quanto a revitalizar o mercado de emprego, apoiar os desempregados e melhorar os processos de facilitação da requalificação dos recursos humanos. O PS afirma, conforme consta no seu programa eleitoral, que já integrou neste mandato, em colaboração com o IEFP, mais de uma centena de cidadãos, em protocolos, estágios e programas ocupacionais.

Quanto à criação de uma Bolsa de Emprego e de apoios para a inserção de jovens no mercado de trabalho. O PS responde que criou a Bolsa de Emprego Municipal.

Quanto à dinamização do mercado municipal, convidando de forma regular e alternadamente, os empresários da restauração, do artesanato e produtos regionais, a apresentarem o que de melhor se faz no concelho de Odemira, podendo tornar-se este espaço numa Mostra de Produtos. O PS explica que organiza mensalmente atividades de dinamização do Mercado Municipal e que já garantiu financiamento comunitário para a sua reabilitação;


Comente esta notícia

Empreendorismo no concelho de odemira? Só podem estar a gozar, têm destruido o interior e agora vão destruir o litoral com estufas e plasticos, esta governação não presta, abram os olhos.

Jose Carlos

30/11/-0001