Natal

Relativamente ao Natal, os portugueses vão celebrá-lo com menos pessoas e evitando estar com família fora do agregado. Segundo o que os dados indicam, 65% dos inquiridos vão reduzir o número de convidados, evitar estar com familiares para além do agregado familiar (40%) e oferecer menos presentes (11%). São ainda mencionadas a redução de custos com a ceia de Natal e com decorações (9%).

Quase a totalidade dos inquiridos (99%) referiram que vão passar o natal em casa, divididos entre a própria casa e a casa de familiares. Esta será uma das principais mudanças uma vez que, em 2019, 51% referia que ia passar em casa de familiares. De realçar que apenas 1% diz passar o Natal fora de casa. Quanto à companhia, apenas 19% dos inquiridos diz passar o natal com família alargada, percentagem que no ano passado era de 57%.

Segundo o inquérito realizado, no que diz respeito à passagem de ano, o cenário é semelhante. 94% dos portugueses inquiridos pretendem entrar em 2021 em casa. Os inquiridos mais jovens, entre os 18 e os 34 anos da região Centro, são os que mais referem ter a intenção de assinalar a passagem de ano em casa de familiares e amigos. Quanto à companhia, está divida entre agregado familiar (88%) e família alargada (14%). Os amigos este ano perderam o destaque com uma percentagem de 7%.


Comente esta notícia