rally

A Câmara de Serpa revela em nota de imprensa que, “na sequência da declaração de situação de alerta por parte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, entre os dias 4 e 8 de setembro, e da adoção de medidas preventivas de caráter excecional, convocou uma reunião com caráter de urgência com a GNR e os Bombeiros de Serpa, para avaliar os riscos na realização do Rali Flor do Alentejo – Cidade de Serpa, cuja data de realização estava agendada para este fim-de-semana”.

“Depois de auscultar as posições daquelas autoridades”, explica o vereador da Câmara Municipal de Serpa, Carlos Alves, “foi decidido, por unanimidade, suspender a realização da prova, por razões de segurança, que se prendem com o elevado risco de incêndio rural”. A afirma, ainda, que esta decisão foi bem aceite pela organização do evento e que o mesmo terá lugar mais tarde, em novembro.


Comente esta notícia