rui rio

O antigo autarca da Câmara Municipal do Porto venceu as eleições diretas com cerca de 54% da votação, contra os cerca de 46% dos votos obtidos por Pedro Santana Lopes. A abstenção chegou perto dos 40%.

Contudo, no distrito de Beja, os militantes escolheram a candidatura de Santana Lopes , tendo esta obtido a maior percentagem de votos, com cerca de 51%.

Gonçalo Valente, mandatário distrital da candidatura de Rui Rio, revela à Voz da Planície que até ao fim do ano não se esperam alterações significativas, uma vez que há mandatos a cumprir e que "não podem ser postos em causa".

No entanto, Gonçalo Valente considera que estes mandatos "estão eleitos no papel e não têm qualquer intervenção na vida civil e pública da região", remetendo para um futuro próximo aquilo que poderá ser melhor para o partido.

De acordo com João Guerreiro, presidente da distrital de Beja do PSD e apoiante de Pedro Santana Lopes,  depois destas eleições diretas que deram a vitória a Rui Rio, o que se espera é que "os militantes do partido se unam e apoiem o candidato eleito", acrescentando que este apresente, nas eleições legislativas de 2019, uma proposta alternativa à que atualmente gere os destinos de Portugal. 


Comente esta notícia