Estratégico na afirmação das potencialidades e recursos naturais do território, este certame alia a tradição e a inovação, a produção com a transformação, a criatividade com a competitividade, num espaço igualmente rico em manifestações culturais e etnográficas, promovendo o regresso no segundo fim-de-semana de outubro, do Salão do Cavalo, da Vinipax, do espaço "Natureza à Mesa", do espaço "Do Sequeiro ao Regadio", da Festa Brava, da Avibeja e da Canibeja. As declarações são do vereador Vítor Picado.

O vereador Vítor Picado identificou ainda, outros destaques do certame, entre eles, as representações do setor agrícola e do cante alentejano, património imaterial da humanidade.

Oficinas temáticas, demonstrações e workshops, provas e degustações, mostras, exposições, muitas atividades para os mais novos e muita animação e programação para todos os gostos e idades farão parte, igualmente, do certame deste ano.


Comente esta notícia