Hospital de Beja

Os que testaram positivo, entre os profissionais da ULSBA, são: 14 enfermeiros, 9 médicos, 5 assistentes operacionais, 2 assistentes técnicos e 1 técnico de diagnóstico e terapêutica, estando em isolamento no domicílio e apresentando apenas sintomas ligeiros, assegura a instituição.

“Ao abrigo do plano de contingência da ULSBA, a situação está a ser monitorizada e avaliada pela Unidade de Saúde Pública, pelo Serviço de Saúde Ocupacional e pelo Grupo de Coordenador Local do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos. Foram reforçadas as medidas de segurança e higiene, assim como o rastreio mais alargado aos profissionais do Hospital.

A ULSBA informa. Ainda, que “estão a decorrer, com normalidade, as consultas de especialidade e outros atos médicos e de enfermagem e exames, devendo os utentes dirigir-se ao Hospital de Beja com toda a confiança, mas respeitando e cumprindo as indicações dadas (distanciamento físico, higienização das mãos, cumprimento da hora da consulta ou exame) e, muito importante, o uso obrigatório de máscara à entrada dos edifícios.


Comente esta notícia