enfermeiro vacina
Estamos em contagem decrescente para a greve geral da próxima 5ªfeira que une CGTP-IN e UGT. As duas centrais sindicais esperam que o protesto se faça sentir em vários sectores porque consideram que os portugueses têm todos os motivos para contestar as actuais políticas do governo de coligação PSD/CDS-PP.
Hoje centramos atenções na saúde, Edgar Santos, coordenador no Alentejo do SEP-Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, acredita que estes profissionais vão responder em massa ao apelo de participação na greve porque são vários os motivos que têm para estar descontentes.
Ainda segundo Edgar Santos a greve deverá sentir-se sobretudo a nível das enfermarias, nos blocos operatórios e nas consultas externas mas os serviços mínimos vão ser naturalmente cumpridos.

Comente esta notícia