Rega

O anúncio foi feito na sequência das medidas implementadas para auxílio aos agricultores no combate à seca climatérica, a qual também afecta a área de influência do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva.

Em nota de imprensa, é afirmado que “os agricultores que desejem obter acesso à água para fins de abeberamento de gado ou para rega de emergência podem dirigir-se à sede da EDIA, em Beja, ou às delegações dos diferentes perímetros de rega para procederem à sua inscrição” . 

Ainda segundo a EDIA são também facilitados “os procedimentos administrativos para assegurar a flexibilização e facilitação de pontos de acesso à água para rega, a título precário, através de reservatórios, albufeiras do sistema primário e hidrantes periféricos da rede primária e secundária de rega”.

Com base na informação prestada, a EDIA analisará qual o ponto da rede e as condições em que os volumes requeridos poderão ser disponibilizados.


 


Comente esta notícia